PELE DE VERÃO: 5 ALIMENTOS QUE AJUDAM A MANTER O BRONZEADO

Protetor solar em cápsulas: bom ou ruim? (Foto: Shutterstock/ Reprodução)










Em pleno verão, uma das atividades mais deliciosas é ir à praia. Porém, a vida cotidiana, muitas vezes, não nos permite desfrutar desses momentos com frequência. Para aqueles que aproveitaram as férias com calor, areia e água, ou até mesmo na piscina, há algumas dicas para ajudar a manter a pele com a aparência beijada pelo sol. Conheça alguns alimentos que ajudam a prolongar o bronzeado.
1 Cenoura
As vitaminas A, C, B2 e B3 presentes no vegetal podem ser amigas da pele dourada. Além disso, as cenouras contêm betacaroteno, provitamina que, em sua oxidação no organismo, ajuda a alcançar e prolongar o tão sonhado bronze.
2 Brócolis
O brócolis também é rico em betacaroteno, auxiliando na formação da melanina e fornecendo substâncias fotoprotetoras, que fazem com que a pele ganhe fique mais morena e, não queimada.
3 Beterraba
A beterraba é um potente antioxidante, que colabora para o bronzeado por ser rica em vitamina A. A versão crua é a que oferece maior concentração nutritiva.
4 Melancia
Nada melhor do que uma melancia geladinha, doce e suculenta em um dia de calor. Para manter a pele dourada, o lipocopeno, carotenoide presente nas frutas vermelhas, colabora com a proteção da pele contra os raios ultravioleta.
5 Chocolate amargo
Se você exagerou no sol e quer se livrar da vermelhidão, o chocolate amargo pode te ajudar. Por oferecer flavonoides, substância antioxidante, ele ajuda a ativar a circulação sanguínea, fazendo com que a derme se recupere com maior facilidade.
Fonte: Revista Casa e Jardim

Protetor solar: tudo que você precisa saber para cuidar da pele no verão

Protetor solar (Foto: Condé Nast Archive)
Sabia que 33% dos diagnósticos de câncer no Brasil são de pele – e que, segundo o Instituto Nacional do Câncer, 180 mil novos casos são registrados a cada ano? Por essas e outras, todo o cuidado é pouco quando o verão chega e a gente passa mais tempo embaixo do sol.
Mas não se desespere: para te ajudar a cuidar da pele e adquirir aquele bronze impecável sem afetar a cútis, preparamos um guia com tudo, absolutamente tudo que você precisa saber sobre protetor solar. Atenta!
Protetor físico X protetor químico
protetor (Foto: divulgação)




























Protetor físico

A composição tem minerais que não são absorvidos pela pele. Por isso é mais difícil de espalhar e pode ficar esbranquiçado!
1. Protetor mineral com esqualano FPS 45, Biossance, R$ 249;
2. Photoage Mineral Fluido FPS 50, Dermage, R$ 92
Protetor químico
Sua fórmula tem ingredientes químicos que penetram na pele, mas espalha fácil e é imperceptível.
3. Mat Perfect com cor FPS 60, Avène, R$ 88;
4. Protetor Suncare FPS 50, Mary Kay, R$ 70
Qual usar?
Os dois tipos blindam dos raios solares com a mesma eficácia. Mas se você não possui alergias, é gestante ou criança, o químico é o mais pedido. Sua dermato pode ajudar a esclarecer....
Qual é a medida certa?
1 colher de chá! Uma proteção eficiente só é feita com a quantidade mínima de filtro. Siga a medida acima para o rosto. Já para as costas, tronco, pernas e braços, duplique essa proporção, OK?
Que horas passar?
O protetor solar demora de 20 a 30 minutos para ser absorvido pela pele. Ou seja, passe antes mesmo de sair de casa. Quando já estiver em contato com o sol, reaplique, no mínimo, de duas em duas horas.
Posso queimar a pele dentro de casa?
Celular, computador, tablet e até mesmo a luz da sua casa, as famosas luzes artificiais, emitem radiações. Chocada? Parece piada, mas até em casa o filtro é bem-vindo...
Dê um tempo no retinol!
A dermato Adriana Vilarinho alerta: “Quem usa produtos com a substância não pode se expor ao sol. É preciso interromper o uso previamente (consulte o rótulo do seu cosmético)”.
Lançamentos mara
Conheça seus novos aliados contra a radiação!
1. Made in Japan, pode ser usado como primer. UV Face Milk, Bioré, R$ 69; 2. O glitter biodegradável dá aquele brilho show. Glitter Gel Dourado, Shock, R$ 45 ; 3. Em pó, pode ser usado depois do make. SunBrush Mineral, ISDIN, R$ 99; 4. Pigmento para misturar com o protetor solar. Anthelios Color Dose, La Roche-Posay, R$ 50 (Foto: divulgação)
Guarda- sol, pero no mucho...
Apesar do guarda-sol trazer uma sensação de abrigo, ele é um mero coadjuvante na hora da proteção: é incapaz de bloquear todos os raios solares. Para você ter noção, até mesmo a areia é refletora de raios UV. Ui!
Não esqueça de passar filtro nestes lugares!
Áreas sensíveis como lábios e cabelos não podem ser deixadas de lado. Aposte em lip balms com proteção UV, cremes para os fios e até para o couro cabeludo.
1. Protetor labial UV Lip Color Splash cor Miami Pink, Shiseido, R$ 189; 2. Protetor labial Sun Protect, Nivea, R$ 17; 3. Hidratante Capilar de Água de Coco, Laces and Hair, R$ 69; 4. Solar DD Cream Impermeabilizante Siáge, Eudora, R$ 39 (Foto: divulgação)
DICIONÁRIO DO PROTETOR SOLAR
A dermato Adriana Vilarinho explica os termos mais importantes dos rótulos! Aprenda a ler as embalagens:
FPS (Fator de proteção solar): Razão numérica que indica o tempo de exposição ao sol usando filtro. Exemplo: FPS 30 protege por 300 minutos (isso não significa que você deve esperar o tempo limite).
RAIOS ULTRAVIOLETA: Tipo de energia eletromagnética emitida pelo sol. São: UVA, UVB e UVC (este último é absorvido pela camada de ozônio).
RAIOS INFRAVERMELHOS: Radiação de baixa energia, presentes no celular e computador.
RAIOS UVA: Onda de comprimento mais longa, penetra profundamente na cútis. É a responsável pelo câncer de pele.
RAIOS UVB: Onda mais curta, responsável por vermelhidão e queimaduras. 
Use e abuse!
Essas belezinhas enfeitam e protegem
proteção solar (Foto: divulgação)
Chapéu! “Busque por abas mais largas e maiores”, orienta a dermato Flávia Chehin
2. Óculos! Não importa o modelo, mas a lente deve ter proteção ultravioleta
3. Roupas! Fibras com filtro solar já existem e bloqueiam até 98% dos raios UVA e UVB
Níveis de bronzeamento
BRONZEOU:  É quando a cor é seu corpo está se defendendo dos raios UVA (de média intensidade). Apesar do bronze bonito, a pele pode manchar e o envelhecimento é inevitável.
TOSTOU:  Você foi atingida pelos raios UVB (+ intensos entre 10h e 16h). Aqui, acontece uma inflamação forte, ocasionando dor, vermelhidão e até bolhas no corpo. Ouch!
Cuidados no pós-sol
Hidrate já! Os hidratantes e loções pós-sol não são uma opção para quem está vivendo o verão com se não houvesse amanhã. São obrigatórios, ok?
1. Pós-sol Moisture Lock Tan Extender, Australian Gold, R$ 90; 2. Hidratante Sorbet Lima e Flor de Laranjeira Tododia, Natura, R$ 43; 3. Bruma hidratante com ativos marinhos Riôh, à venda na Sephora, R$ 94. (Foto: divulgação)
Fotos: Louise Dahl-wolfe/ Condé Nast Archive, Thinkstock, Divulgação, Clifford Coffin/Condé Nast Archive, Richard Rutledge/Condé Nast Archive e Imaxtree
*fonte: Instituto Nacional do Câncer (INCA)
Fonte: Glamour

Moda verão 2019: surrealismo é tendência (e a gente ama!)

Bolsa New Wave Chain Tote, R$ 11.500, e pulseira, R$ 2.650, ambas Louis Vuitton (Foto: Guilherme Nabhan)
Faz tempo que a moda namora a arte. No verão 2019, então, este relacionamento ficou ainda mais sério, já que fashionistas abraçaram de vez as referências artísticas no street style do mundo todo. Por aqui, o cineasta Pedro Almodóvar e seu surrealismo segue como nossa inspiração máxima.
Má educação
Bolsa New Wave Chain Bag, R$ 8.650, sapatos, R$ 5.700, e brincos, preço sob consulta, tudo Louis Vuitton (Foto: Guilherme Nabhan)

Às vezes gosto mais de café do que gosto de pessoas...
De salto alto
Bolsa City Steamer, R$ 16.400, blusa, R$ 8.550, anel, preço sob consulta, e sapatos, R$7.550, tudo Louis Vuitton (Foto: Guilherme Nabhan)
Acrescente aí o moletom + a sofisticada bolsa City Steamer. Estou prontíssima para praticar meu esporte favorito: shopping!
Fonte: Glamour

Cabelo de passarela: as principais tendências capilares da temporada

As semanas de moda internacionais chegam ao fim: é hora de incorporar as principais tendências que chamaram a atenção em meio ao turbilhão de novidades de beauté vistas recentemente. Aqui, Vogue seleciona looks capilares para apostar já!
De cabeça nos acessórios
Destaque nos desfiles de Prada e Dior, as tiaras voltam aos holofotes em versões repaginadas: gordinhas em opções bordadas ou lisas de cetim ou couro, como apresentou Miuccia Prada, ou mais minimalistas, espessas e com faixas duplas presas à cabeça, como as escolhas de Maria Grazia Chiuri. 
Cabelo do desfile da Prada no desfile de Spring Summer 2019 (Foto: Imaxtree)
Cabelo da Dior no desfile de Spring Summer 2019 (Foto: Imaxtree)
Coque nas alturas
Esqueça o cabelo preso rente a nuca, a tendência da vez é elevar o coque ao topo da cabeça deixando fios soltos no contorno do rosto, como a beleza criada nos desfiles de Fendi e Molly Goddard. Na passarela de Anna Sui, o penteado aparece ainda em um meio rabo, deixando a parte inferior dos fios soltas. Ótima opção para transitar do look de trabalho ao jantar festivo!
Cabelo da Fendi no desfile de Spring Summer 2019 (Foto: Imaxtree)
Cabelo da Molly Goddard no desfile de Spring Summer 2019 (Foto: Imaxtree)
Cabelo da Anna Sui no desfile de Spring Summer 2019 (Foto: Imaxtree)
Exótico da vez
As penas foram peça-chave na beleza de Dries Van Noten e Simone Rocha. Na criação do hairstylist Sam McKnight, os adereços azuis vieram junto a microfranja da vez, que tem pontas irregulares e bem desfiadas. Já para Simone Rocha, o cabelereiro James Pecis combinou a febre das headbands (duas delas, no caso) à penugens rosa millenial aplicadas ao acessório, com coque estruturado no meio da cabeça.
Cabelo da Dries Van Noten no desfile de Spring Summer 2019 (Foto: Imaxtree)
Cabelo da Simone Rocha no desfile de Spring Summer 2019 da marca (Foto: Imaxtree)
Cabelo de praia
As ondas desmanchadas com visual de praia seguem seu reinado. Para a beleza da Chanel, Sam McKnight combinou o visual a glamorosas fivelas de cristais, que prendiam a frente do cabelo deixando fios soltos para criar visual mais natural. Na passarela de Alberta Ferretti, Guido Palau usou mechas ainda mais soltas, dando textura e volume ao look com repartido supercentralizado – mesma técnica utilizada por Paul Hanlon para a beleza de Giambatista Valli, que levou ainda spray brilhante nos fios.
Beleza do desfile da Chanel (Spring Summer 19) (Foto: Getty Images)
Beleza do desfile da Alberta Ferretti (Spring Summer 19) (Foto: Imaxtree)
Beleza do desfile de Giambatista Valli (Spring Summer 19) (Foto: Imaxtree)

Da passarela para o street style: Rosa e vermelho é a combinação do verão

Vermelho e rosa: a combinação queridinha do verão  (Foto: Imaxtree)
Ocolor block pode ser uma tendência antiga, mas vira e mexe ele ressurge na moda, deixando os looks mais acesos e bastante marcantes. O que percebemos, na temporada de moda que chega ao fim esta semana, é que esse visual ganhou nova vida com duas cores específicas: o vermelho e o rosa.
Tanto nas passarelas quanto no street style, a combinação ganhou o guarda-roupa feminino e se firma como uma tendência forte para o verão, afinal, o combo é alegre, colorido e super de acordo com a estação.
Manish Arora e Paul & Joe (Foto: Imaxtree)
Marcas como a Manish Arora e Paul & Joe exploraram os dois tons na passarela, tanto usando uma das tonalidades mais clara e a outra, mais escura, quanto optando pelos dois tons bem acesos e marcados. As fotos  acima são ótimo exemplo de como isso funciona na prática. 
Já na moda de rua, a criatividade corre solta. O que vimos é que, além do uso das tonalidades chapadas - isto é, em peças lisas, como uma blusa rosa forte e uma calça vermelha -, a combinação também apareceu muito em estampas, trabalhando nuances diferentes.
O vermelho e rosa no street style (Foto: Imaxtree)
Vale a pena, inclusive, brincar com acessórios e criar um visual monocromático finalizado com acessórios na segunda cor - como um conjuntinho vermelho de blazer e calça de alfaiataria com bolsa e sapatos cor-de-rosa.
As estampas são um destaque da tendência (Foto: Imaxtree)
A boa notícia é que vermelho e rosa são cores que combinam muito bem entre si e fáceis de usar. Se você tem dificuldade, porém, pode ler o nosso texto sobre como combinar cores para entender melhor como fazer esses tons funcionarem a seu favor.
Vermelho e rosa no street style (Foto: Imaxtree)
Fazer o movimento contrário e usar cores neutras como base (por exemplo, uma camisa branca ou uma calça preta) pode ajudar na tarefa e deixar a construção do look mais fácil, principalmente se você não tem o costume de usar tons muito fortes. 
Vermelho e rosa na prática (Foto: Imaxtree)